Sexta-feira, 22 de Agosto de 2014

Update #43

Desde o momento em que temos realmente capacidade para absorver alguma coisa do que nos dizem e mesmo antes, conseguimos constantemente ouvir o que temos ou não de fazer, o que podemos ou não dizer e tudo o que temos de ser porque é assim e a experiência de vida de outros adultos é que manda e ponto final. Não há oportunidade para encaixarmos a nossa própria experiência, a sabedoria que vamos ganhando ao longo do nosso percurso nas bombas de objetividade e do "tem que ser assim" que nos mandam.

É por isto que concluo que uma das fazes mais importantes por que passamos na vida é quando começamos a ser independentes no pensamento e nas ideias.  Não há maior gosto pelas palavras contestação e oposição do que nesta situação: o apercebimento do que vai para além do que nos é dito. A vida é feita de debates, sejam estes políticos, sobre moda ou sobre o direito que podemos ganhar para uma saidínha à noite com os amigos. Aprendemos e evoluímos com a divergência de ideias e as diferentes formas de visualizar o mundo, que nunca conseguiremos encarar como se tivesse apenas uma só cor.

 

publicado por Catherine às 18:20
link | favorito
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

(+) tralhas

info

tags

tumblr

instagram

sem teias de aranha (ainda)

Perdi-me em ti

Update #44

Update #43

Consternação?

A adolescência