Quinta-feira, 11 de Julho de 2013

Não ouse entrar na cabeça de um adolescente

Queridos adultos,

 

Tenho de ir direta ao assunto porque, a meu ver, vocês são mesmo muito lentos. Desculpai-me. Eu falo em relação a compreender os seus filhos e restantes amigos.

O seu esforço, claro, valerá a pena mas, porquê tentar sequer? A cabeça de um ser tão fascinante como um adolescente, em fase de descoberta é mais funda que um poço; um poço escuro. Questionar tudo o que o rodeia; se vale a pena fazer o que quer que seja; dar importância a coisas mínimas que parecem gravíssimas agora; o porquê da vida; ter medo de errar nesta tão pequena vida. Afinal, no que nos tornamos se não errármos e aprendermos com os nossos erros? Imaginam que um jovem, para além da pressão por parte dos pais e da escola, ainda tem a sua própria pressão? A pressão de querer ter sucesso em tudo o que faz para agradar os que mais ama?

Ser adolescente não é nada mais nada menos do que andar revoltado com a sociedade e, sem intenção, são os pais que mais magoam os seus rebentos, que maior número de lágrimas lhes causam. Mas não se sintam culpados, é uma fase incompreendida; não sei se isto o tranquiliza mas, durante estes anos de crescimento, não vai entender o seu filho, nem ele a você. Então, gere brigas, crie recordações para mais tarde poder recordar e ouvir o seu filho dizer "Ah, tinhas razão". Faça-os aprender do que viveram na sua infância.

 

Com muito amor,

Uma adolescente repleta de dúvidas ou uma adolescente a transbordar de dúvidas

 

Enquanto decide qual fica melhor, não pensa com que dúvida a sua pequena cria estará agora

publicado por Catherine às 12:19
link | comentar | ver comentários (3) | favorito

(+) tralhas

info

tags

tumblr

instagram

sem teias de aranha (ainda)

Não ouse entrar na cabeça...